o aparente silêncio que habita nas entrelinhas de uma imagem acorda a capacidade imaginativa de recordar o que já foi e de sonhar o que há de vir.

entre as imagens que arrastava para posterior edição encontrei nestas duas, em ligação ao momento em que as fotografei, uma curiosa relação de passado e futuro. como se a composição que cada uma expressa activasse em mim o valor do que vivi e o desejo pelo que quero criar. eu sei que é apenas uma tarte de amêndoa e abóbora, e eu vejo família - a que foi e a que virá. levantando o véu ao que está a surgir, as fotos e a tarte foram cozinhadas na Bells & Springs de onde mais propostas relacionadas com a paixão de cozinhar ganharão forma. o espaço físico é lindíssimo, e a expressão família pulsa na visão de um futuro que anima a responsabilidade de cuidar e empoderar o corpo como casa, que nos apoia a dar expressão aos nossos sonhos. alimento e movimento estão aqui a dar as mãos. venham as bênçãos :)